Moçambique/Maputo: PRM Detêm Suspeito de Rapto do Empresário Bharat Kumar

A Polícia moçambicana anunciou no Domingo (13/02) a detenção de um dos criminosos envolvidos no rapto, Sábado (12/02), do empresário Bharat Kumar, de 56 anos, no interior da sua loja de garrafas na baixa de Maputo.

PRM desmantela assaltantes a mão armada na província de Maputo
Leonel Muchina, Porta-voz da PRM

Segundo o porta-voz da Polícia da cidade de Maputo, Leonel Muchina, o suspeito foi detido próximo do local do crime, poucas horas após o crime, graças às imagens gravadas pelas câmaras de vigilância CCTV, instaladas nas instalações.

Nas imagens do vídeo de segurança, o suspeito pode ser visto dentro da loja vestindo uma camisa azul e falando ao telefone, enquanto os outros três armados com arma de fogo realizavam o crime. Mas alguns minutos antes do sequestro o suspeito saiu, retornando logo após o crime ter sido cometido.

“A polícia lançou uma caçada que levou à prisão de um dos membros da quadrilha, encarregado de fazer o reconhecimento da área, fornecendo todos os detalhes sobre a rotina do lojista para viabilizar seu sequestro”, disse Muchina, acrescentando que após o crime o suspeito retornou ao trabalho dele.

A partir desta prisão, Muchina espera que a polícia reúna as pistas necessárias que possam levar ao paradeiro dos outros criminosos envolvidos. O grupo dos malfeitores claramente achava que estava impune, já que a loja de garrafas de Kumar fica a poucos passos da primeira esquadra de polícia da cidade, e no sábado à tarde a área é extremamente movimentada.

(AIM)

LM/PF/JSA