De acordo com o COM, os três casos positivos detectados são assintomáticos e foram identificados no âmbito da testagem diária, processo ao qual são submetidos os membros da delegação moçambicana.

“Lamentavelmente, temos a informar à comunidade desportiva e ao público em geral, que do processo, resultaram três casos positivos para o Coronavírus -COVID-19, apresentando-se todos assintomáticos”, informou o COM.

De acordo com o mesmo comunicado, os elementos que acusaram positivo à COVID-19 estão a merecer o devido acompanhamento da equipa médica que assiste a delegação, estando, igualmente, a ser tomadas todas as medidas médico-sanitárias recomendadas contra o novo Coronavírus.

O Comité Olímpico conclui, sem nunca avançar os nomes dos contaminadas, dizendo que a situação ainda não põe em causa a participação destes elementos nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, por considerar o tempo médio de isolamento e retestagem definido pelas autoridades sanitárias, suficiente para que os indivíduos infectados possam obter resultado negativo, permitindo a sua participação nas provas e actividades agendadas.

A comitiva moçambicana que vai participar dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, entre 23 de Julho e 08 de Agosto, composta por atletas, treinadores, presidentes de federações, médicos, um chefe de missão, um membro do COM e um jornalista, está confinada na Casa Militar da Presidência da República, na capital do país.

(AIM)

O Pais/JSA