O Governo moçambicano decidiu, Terca-feira (06), decretar dois dias de luto nacional, em memória das vítimas do acidente de viação ocorrido no Sábado último, em Tavira, posto administrativo de Maluana, distrito da Manhiça, em Maputo, no Sul do país.

PR reúne Conselho de Ministros em Pemba / Notícias / Imprensa / Início -  Portal do Governo de Moçambique
Conselho de Ministros

O acidente resultou na morte de pelo menos 32 pessoas e muitas outras contraíram ferimentos entre graves e ligeiros. O luto nacional, segundo um comunicado emitido no final da 23ª Sessão Ordinária do Conselho de Ministros, tem efeitos a partir das 00:00 hora de hoje, quinta-feira (07).

“Durante o período de Luto Nacional, a Bandeira Nacional e o Pavilhão Presidencial serão içados à meia haste em todo território nacional e nas Missões Diplomáticas e Consulares da República de Moçambique”, refere o comunicado.

Na mesma Sessão, o Conselho de Ministros decidiu, igualmente, criar uma Comissão de Inquérito independente e multidisciplinar para apurar as causas do sinistro e propor medidas para obstar os acidentes de viação no País.

(AIM)

FF/Revista/JSA