Moçambique: Presidente Nyusi insta liderança da RENAMO a resolver problemas  internos | NOTÍCIAS | DW | 27.07.2019
Presidente Nyusi (de Microfone) e Ossufo Momade (de oculos)

O Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, e o líder da Renamo, Ossufo Momade, passaram em revista, esta quarta-feira, os progressos na implementação do Acordo de Maputo para a paz e reconciliação nacional.

Um comunicado da Presidência da República refere que as partes mostraram-se empenhadas em garantir que o processo de Desmobilização, Desarmamento e Reintegração (DDR) alcance a todos os ex-guerrilheiros da Renamo.

Concluíram que 2.307 ex-combatentes foram desarmados e desmobilizados, começando agora a sua reintegração na sociedade. De acordo com o documento, as partes acordaram iniciar o processo de integração dos ex-combatentes da Renamo na Polícia da República de Moçambique (PRM).

(AIM)
FF/RM/JSA