Governo extingue Correios de Moçambique e coloca acções da DOMUS em hasta  pública
Correios de Moçambique

O Instituto de Gestão das Participações do Estado (IGEPE) moçambicano criou as comissões liquidatárias das empresas Correios de Moçambique e de Exploração Mineira, Sociedade Anónima (EMEM,S.A), indica em comunicado.

A decisão foi tomada no final da 164ª sessão extraordinária do IGEPE e visa
operacionalizar os decretos números 32/2021 e 31/2021, de 31 de Maio, do Conselho de Ministros, que extinguem estas duas instituições nacionais.

Através de um comunicado, o IGEPE indica que as comissões liquidatárias têm o prazo máximo de 18 meses para concluir o processo. A e x t i n ç ã o d a s duas empresas enquadra-se num conjunto de acções de reestruturação do sector empresarial do Estado.

A empresa Correios de Moçambique possui 516 trabalhadores que deverão ser indemnizados ou afectos a outras instituições. A EMEM conta com 46 co-laboradores.
(AIM)

Tel/JSA