Uma aeronave das Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) que fazia Quarta-feira o trajecto Pemba/Maputo teve de abortar o voo devido a um problema técnico ocorrido no ar na província de Cabo Delgado.

Não foi possível obter explicações da companhia sobre o incidente mas alguns passageiros contaram a jornalistas que o regresso do avião foi causado pela quebra de um vidro do cockpit, 20 minutos depois da decolagem, situação que obrigou os pilotos a baixarem de 38 para 10 mil pés de altitude antes de decidirem voltar à pista do aeroporto de Pemba, onde neste momento a aeronave se encontra imobilizada.

Entretanto, a LAM emitiu no princípio desta noite um comunicado no qual explica que, a tribulação do voo TM 315 decidiu retornar ao aeroporto de Pemba, após constatar que um dos vidros frontais da aeronave ficou de laminado.

De acordo com a fonte, o voo partiu de Pemba às 13:47 horas e aterrou em segurança as 15:02 horas no mesmo aeroporto.

Face ao incidente, os passageiros e a tripulação desembarcaram normalmente e os viajantes serão acomodados, enquanto se avalia a reprogramação do voo, conforme está previsto em situações do género.

A LAM afirma que uma equipa de mecânicos vai se deslocar a Pemba para a substituição do vidro.

Noticias/JSA