O Chefe do Estado  moçambicano, Filipe Nyusi, testemunha hoje (31) a assinatura dos acordos que viabilizam os projectos de gás e energia de Temane, acto resultante da Decisão Final de Investimento anunciada em Fevereiro do corrente ano, pela empresa petroquímica SASOL, refere um comunicado da Presidência da República.

Central Termo Electrica de Temane, em Inhambane

Estes acordos vão permitir a construção da Central Térmica de Ciclo Combinado de Temane, provincia sulista de Inhambane da linha de transporte de energia Temane-Maputo e de uma unidade de processamento de petróleo leve e de gás de petróleo liquefeito (GPL, o gás de cozinha).

De acordo com o comunicado, a Central Térmica de Temane e a linha de transporte de corrente eléctrica irão garantir a disponibilidade de energia, no âmbito da iniciativa “Energia Para Todos”, que visa o acesso universal de energia a todos os moçambicanos até 2030.

(AIM)

Not/JSA