O Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, manteve Terca-feira, em Paris, conversações com o seu homólogo francês, Emmanuel Macron, no âmbito do reforço das relações de amizade e cooperação entre os dois Estados.

As conversações decorrem momentos antes de Nyusi participar na Cimeira sobre Financiamento das Economias Africanas, que tem lugar esta tarde em Paris.

No final das conversações, prevê-se a assinatura de vários acordos com destaque para o memorando de entendimento relativo a consultas políticas entre os ministros dos Negócios Estrangeiros de Moçambique e da França, em matérias de interesse mútuo.

Para além de avaliarem as relações bilaterais vão identificar novas áreas de relacionamento em Moçambique e França.

Nas relações bilaterais com a França, é esperada a assinatura de pelo menos quatro acordos, nomeadamente um memorando relativo a consultas políticas e trocas de informações entre os chefes das diplomacias dos dois países; o segundo entre o Banco e Moçambique, a Embaixada da França em Maputo e a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) para a assistência técnica ao Banco Central moçambicano para combater o branqueamento de capitais; um terceiro acordo de convenção de financiamento entre a AFD e o Ministério da Economia e Finanças para apoiar a redução de perdas não técnicas da EDM.

O quarto é sobre a dívida pública de Moçambique que desde 2001, vem sendo convertida pela França em linhas de financiamento em diversas áreas, e faz parte de um outro conjunto de 10 acordos ainda em harmonização entre as partes.

(AIM)

Noticias/JSA