O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, desloca-se hoje a Cabo Delgado, norte do País, para lançamento de um projecto de emergência orçado em 82,7 milhões de euros, para apoiar a região afectada por ataques terroristas.

Nyusi vai presidir em Pemba, capital provincial, à cerimónia de assinatura do acordo entre o Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural (MADER) e o Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projectos (UNOPS).

Fonte governamental explicou à Lusa que o financiamento de 100 milhões de dólares (82,7 milhões de euros) foi obtido através de doação do Banco Mundial à Agência de Desenvolvimento Integrado do Norte (ADIN), tutelada pelo MADER, cabendo ao UNOPS a implementação.

As verbas vão servir para construir unidades de saúde, escolas, entre outras infraestruturas e serviços numa província afetada por uma grave crise humanitária.

(AIM)

JSA