Covid-19: mais de 20 óbitos e 2.373 novas infecções em apenas quatro dias

12 Jan 2021 0 comment  

A pandemia da COVID-19 continua preocupante em Moçambique e as autoridades sanitárias receiam que o sistema de saúde possa ficar sobrecarregado com o aumento súbito de novas infecções e internamentos.

Nos últimos quatro dias, por exemplo, segundo dados do Ministério da Saúde (MISAU), o país registou 2.373 casos novos, dos quais 395 nas últimas 24 horas.

Nestes quatro dias, houve o registo de 21 mortes, cinco das quais nas últimas 24 horas.

Segundo o MISAU, dois óbitos foram declarados no domingo e três nesta segunda-feira, e todos ocorreram na cidade de Maputo.

Trata-se de indivíduos de nacionalidade moçambicana, dos quais três do sexo feminino, de 21, 30 e 50 anos de idade, e dois do sexo masculino, de 54 e 62 anos de idade.

Ademais, o país tem um cumulativo de 997 pacientes internados, dos quais 127 continuam internados nos centros de internamento da COVID-19 e em outras unidades hospitalares.

“Dos indivíduos internados, 56 estão em estado clínico moderado, 65 estão estado clínico grave e seis em estado clínico crítico. Destes, 81 estão submetidos a oxigenoterapia e seis estão sob ventilação. Há ainda seis pacientes que estão em cuidados intensivos”, explicou a fonte.

Nas últimas 24 horas houve o registo de 29 novos internamentos.

Para o MISAU, o aumento súbito de novos casos, internamentos e mortes significa uma intensificação de infecções pelo novo coronavírus em todo o país, numa altura em que é notável um relaxamento generalizado na observância das medidas básicas de prevenção por parte considerável da população moçambicana.

Para conter esta nova tendência, a directora nacional adjunta da Saúde Pública, Benigna Matsinhe, reitera o apelo à estrita observância das medidas de prevenção “que são bem conhecidas por todos nós”.

“O nosso aconselhamento, como Ministério da Saúde, é que devemos evitar aglomerados, onde há risco de não cumprimento das medidas de prevenção, como festas, praias e outros locais de lazer”, recomendou.

Segundo Matsinhe, os 395 casos hoje reportados resultam da testagem de 2.059 indivíduos suspeitos, sendo que 375 são moçambicanos, 14 estrangeiros e seis cujas nacionalidades ainda falta apurar.

“Todos estes casos são de transmissão local. Estes encontram-se em isolamento domiciliar e decorre o processo de mapeamento dos seus contactos”, disse Matsinhe.

Assim, Moçambique tem, cumulativamente, 22.334 casos registados, dos quais 22.018 de transmissão local e 316 importados.

O país registou 88 casos recuperados nas últimas 24 horas, elevando o cumulativo para 17.623 indivíduos previamente infectados pelo novo coronavírus que estão livres da doença.

Neste momento, existem em, Moçambique 4.510 casos activos.
(AIM)
DT/ sg

Temos 244 visitantes e Nenhum membro online

Contacte-nos

Rua da Rádio - 112 - 5º Andar - Caixa Postal 896
+258 21313225/6
+258 21 313196