hindi xnxx video hindi dehati sexy film youjizz desi hijra kinnar sex boy pornhub HD sex clips xvideos HD porn video xnxx adult xxx video xvideos free sex tube xhamster Hot porn film indian adult porn videos xvideos free sex tube free sex movies real sex malaysian porn video xxx porn times pornholo.net pornovidio freeporntix.info hotporntub.info hubpornindian.info xxxteenhub.info moviespornov

África Do Sul: Indemnizações as Vítimas de Doenças Ocupacionais Abrangem mais de Mil Ex-mineiros Moçambicanos

30 Jul 2020 0 comment  

Mais de 1.230 mineiros moçambicanos que trabalhavam na vizinha África do Sul, diagnosticados com tuberculose e silicose nos últimos três anos, receberam 26.9 milhões de randes em indemnizações, no quadro da assistência pós-laboral.

O presidente da Associação dos Mineiros Moçambicanos (AMIMO), Moisés Uamusse, revela que outros 1.122 antigos trabalhadores aguardam resultados dos testes de raios X.

Os dados foram tornados públicos quarta-feira na cerimónia de entrega de cestas básicas a 500 ex-mineiros e familiares de trabalhadores perecidos, residentes nas províncias meridionais de Maputo e Gaza, doados pela mineradora Anglo Platinum.

O evento foi orientado pelo vice-ministro do Trabalho e Segurança Social (MITSS), Rolinho Farnela.

Na sua intervenção, segundo o “Notícias”, Uamusse disse que a agremiação está a fazer o mapeamento dos moçambicanos no sector mineiro para facilitar a identificação e pagamento de benefícios sociais acumulados nas seguradoras sul-africanas.

“Os mineiros têm direito à assistência médica pós-laboral, devendo efectuar testes bienais de raios X, com o objectivo de aferir a evolução de doenças ocupacionais como a tuberculose e silicose e posterior indemnizações”, explicou.

O vice-ministro disse, na ocasião, que o Governo continua a privilegiar parcerias com diversas entidades para garantir assistência aos mineiros e respectivas famílias, para além de estabelecer projectos de geração de renda.

“Esperamos que, com estes produtos, os beneficiários reduzam a vulnerabilidade às contaminações pela Covid-19. Pedimos que os idosos, as nossas bibliotecas vivas, sejam difusores de mensagens visando travar a propagação da pandemia”, vincou.

Farnela revelou que mais de 3 mil mineiros regressaram da África do Sul, aquando da decisão do Governo deste país de decretar o lockdown, estando em curso conversações para a retorno faseado aos seus postos de trabalho.

“Estamos a aprofundar a nossa diplomacia para que haja uma assistência aos moçambicanos residentes na RAS. Sabemos que a situação epidemiológica neste país é complicada, mas o apelo que fazemos é que haja atenção aos nacionais. Até agora, 600 mineiros retomaram os seus postos e outros seguirão nos próximos dias”, acrescentou.
(AIM)
FF

 

Temos 165 visitantes e Nenhum membro online

Contacte-nos

Rua da Rádio - 112 - 5º Andar - Caixa Postal 896
+258 21313225/6
+258 21 313196