Notice: Undefined property: stdClass::$numOfComments in /home/aimorg/public_html/components/com_k2/views/item/view.html.php on line 264

Moçambique/Junta Militar da Renamo: Elias Dhlakama ouvido pela PGR

22 Jan 2020
Notice: Undefined property: stdClass::$numOfComments in /home/aimorg/public_html/templates/sj_perty/html/com_k2/templates/default/item.php on line 87
0 comment  

A Procuradoria-Geral da República (PGR) ouviu hoje Elias Dhlakama, deputado da Renamo na Assembleia da República (AR) o parlamento moçambicano, acusado de ser um dos mentores e financiadores da Junta Militar do maior partido da oposição.

Ouvido como declarante, Elias Dhlakama, irmão mais novo do malogrado líder da Renamo, Afonso Dhlakama, distanciou-se das acusações da PGR sobre a sua ligação com a Junta Militar.

Num breve contacto estabelecido com a imprensa, no final da audição que teve lugar em Maputo, o advogado de Dhlakama, Alberto Sábia, refutou de forma reiterada a imputação de culpa do seu constituinte.

“Mais do que cabe a mim e ao meu constituinte, foi mesmo cumprir com a solicitação. Nada de envolvimento, nada de contacto, não conhece ninguém, os que citaram o nome dele não os conhece”, disse Sábia.

Por isso, disse que cabe a PGR efectuar uma investigação para apurar as alegacões da Junta Militar da Renamo, liderada pelo general Mariano Nhongo.

A audição de Elias Dhlakama sucede as audições, segunda-feira, na cidade da Beira do deputado da AR e ex-secretário-geral da Renamo, Manuel Bissopo e do antigo deputado da Renamo, Sandura Ambrósio, este último detido pelas autoridades policiais semana passada na Beira.

Ambrósio é acusado de ter participado na criação da auto-proclamada Junta Militar da Renamo.

A detenção de Ambrósio ocorre após a perda de imunidade pelo facto de não ter conseguido ser eleito na presente legislatura desta feita pelo partido Movimento Democrático de Moçambique (MDM), o segundo maior partido da oposição no país.

Em Novembro último, seis membros da auto-proclamada Junta Militar da Renamo, detidos na província central da Zambézia, apontaram alguns membros desta formação política como sendo os principais financiadores.

Além de Dhlakama e Ambrósio, a lista inclui os deputados da AR pela bancada parlamentar da Renamo, designadamente Ivone Soares, António Muchanga, Manuel Bissopo, todos já ouvidos pela PGR.

Da lista consta ainda o edil do Conselho Autárquico de Quelimane, Manuel de Araújo, entre outros.
(AIM)
Ac/sg

Temos 195 visitantes e Nenhum membro online

Contacte-nos

Rua da Rádio - 112 - 5º Andar - Caixa Postal 896
+258 21313225/6
+258 21 313196