hindi xnxx video hindi dehati sexy film youjizz desi hijra kinnar sex boy pornhub HD sex clips xvideos HD porn video xnxx adult xxx video xvideos free sex tube xhamster Hot porn film indian adult porn videos xvideos free sex tube free sex movies real sex malaysian porn video xxx porn times pornholo.net pornovidio freeporntix.info hotporntub.info hubpornindian.info xxxteenhub.info moviespornov

Mocambique/Africa do Sul: Governo moçambicano garante manutenção de postos de trabalho dos mineiros no Pais vizinho

30 Jul 2020 0 comment  

O vice-ministro do Trabalho e Segurança Social, Rolinho Faruk, garante que o Executivo está trabalhar no sentido de garantir a manutenção dos postos de trabalhos dos mineiros moçambicanos que trabalham nas minas da vizinha África do Sul, que haviam regressado ao país devido a pandemia da Covid-19.

“Neste momento, estamos a aprofundar a nossa diplomacia para que haja uma assistência mais aprofundada para os nossos co-cidadãos. Temos que reverter, porque é um momento muito difícil para África do Sul tanto para Moçambique”, disse.

Reconheceu que os números na RSA tendem a aumentar, mas como os trabalhadores estão num ambiente fechado e observam todo protocolo de quarentena, o governo não vê nenhum impedimento para o seu regresso as terras do rand.

Por isso, disse o vice-ministro, queremos encorajar que isso continue. Tudo faremos pelo bem dos nossos irmãos”, assegurou Faruk, minutos depois de entregar cestas básicas a cerca de 24 famílias dos ex-mineiros moçambicanos.

Na ocasião, revelou que os mineiros estão, de forma faseada, a regressar aos seus postos na Africa do Sul como forma de salvaguardar as medidas de prevenção e propagação da Covid-19. E, numa primeira fase já regressaram 600 trabalhadores mineiros.

Garantiu que dos 3,000 mil mineiros que regressaram à Moçambique ainda não há registo de casos de perda de seus postos de trabalho por conta da propagação da Covid-19 no mundo.

“Se estão a regressar significa que os seus postos de trabalho são garantidos. O que havia era um sentido de desespero de alguns trabalhadores mineiros que regressaram à Moçambique”, afirmou.

Em relação as medidas e casos positivos da Covid-19 na classe disse “tivemos cinco mineiros infectados, mas já está ser acautelada a saúde deles. Em relação as farmas na RSA não têm este momento registo de um moçambicano infectado pela Covid-19”.

Desafiou os mineiros que receberam os donativos para que sejam disseminadores de mensagens de prevenção do coronavírus.
“Esta é uma classe muito importante na nossa sociedade porque são as nossas bibliotecas vivas, tudo aquilo que é dito por vocês constituem objecto de obediência, inspiração e tem sentido social bastante forte. Peço para transmitirem a todos os segmentos da sociedade e de maneira responsável as medidas preventivas contra a Covid-19”.

Por seu turno, o presidente da Associação dos Mineiros Moçambicanos (AMIMO), Moisés Mwamusse, destacou a importância de se garantir a assistência médica e medicamentosa dos mineiros.

“Os mineiros têm o direito de assistência médica pós-laboral devendo efectuar testes bienais de Raio-X (exame de radiografia) com o objectivo de aferir a evolução das doenças ocupacionais como tuberculose e posterior indeminização”, sublinhou Mwamusse.
(AIM)
(Célio Magombe) /sg

Temos 163 visitantes e Nenhum membro online

Contacte-nos

Rua da Rádio - 112 - 5º Andar - Caixa Postal 896
+258 21313225/6
+258 21 313196