Morreu, esta quinta-feira, o jornalista moçambicano Bento Neves, por motivos ainda desconhecidos. De acordo com uma fonte próxima, o jornalista perdeu a vida na sua residência, em Maputo.

O seu percurso profissional inicia na delegação da Beira, província de Sofala, com uma posterior passagem pela Delegação da TVM em Pemba.

Em 2002, Bento Neves é transferido, definitivamente, para a redacção central da TVM, onde se notabilizou como jornalista no programa Ver Moçambique.

Em vida, o jornalista também assumiu funções de Director da TVM Internacional e do Centro de Formação da TVM e exerceu o cargo de Administrador eleito, entre os anos 2011 a 2014.

Bento Neves obteve o grau de licenciatura em História Política e Gestão Pública, Mestrado em Ciências Políticas e Estudos Africanos e, recentemente, terminou a fase curricular do Doutoramento em História da África Contemporânea.

À data da sua morte, Bento Neves trabalhava como jornalista na redacção central da TVM, em Maputo