Um professor da Escola Primária Completa Eduardo Mondlane, no distrito de Magude, província sulista moçambicana de Maputo, testou positivo para a Covid-19. Entretanto, a comunidade escolar está preocupada com a falta de desinfecção das instalações do estabelecimento de ensino.

Os funcionários que tiveram contacto com o colega infectado foram submetidos a exames. Enquanto os resultados não são conhecidos continuam a trabalhar.

Entretanto, temem que a falta de desinfecção propicie a propagação de infecção aos alunos, funcionários administrativos e nos professores.

O “Notícias” contactou o director da escola, Anselmo Cossa, que não quis dar entrevista, alegadamente por se tratar de um assunto delicado.

(AIM)

Noticias/JSA