O internacional moçambicano Dominguês foi convocado à última hora por Luís Gonçalves para fazer parte da selecção nacional de futebol para os embates diante do Ruanda e Cabo Verde.

Luís Gonçalves deu o volte face na sua decisão em relação a Dominguês. O seleccionador nacional decidiu chamar o capitão dos Mambas para os jogos diante do Ruanda, a 24 de Março corrente, em Kigali, e Cabo Verde, a 30 deste mês, em Maputo.

O facto do internacional moçambicano estar já integrado no Polokwane da segunda divisão sul-africana, bem como ter já começado a jogar pela nova equipa, terão influenciado para a chamada do jogador que esteve fora da convocatória final.

Dominguês tem sido dos jogadores mais preponderantes dos Mambas durante a presente campanha de qualificação ao CAN e uma mais-valia ao combinado nacional nos dois jogos.

Elias Pelembe, ou simplesmente Dominguês, já vestiu a camisola dos Mambas por 81 ocasiões e conta com 16 golos marcados. Espera-se que o jogador chegue aos Mambas no domingo, depois do jogo que Polokwane terá sábado, diante do Jomo Cosmos.

Para além de Dominguês, Luís Gonçalves chamou também o capitão da selecção sub-20, Celton Jamisse, para integrar os trabalhos dos Mambas, totalizando três jogador da Black Bulls no combinado nacional.

Entretanto, Luís Gonçalves tem a confirmação da ausência de sete jogadores que actuam na Europa, nomeadamente Mexer, Reinildo, Witi,  Zainadine Júnior, Amâncio, Reginaldo e David Malembane, que não foram dispensados pelos respectivos clubes.

A equipa técnica espera pela chegada de mais internacionais moçambicanos nos próximos dias, nomeadamente Kambala e Chico, da África do Sul, Clésio, do Azerbaijão, Gildo, Geny Catamo, Ricardo Mondlane e Pepo, todos de Portugal. Luís Miquissone já se encontra em Maputo desde esta sexta-feira e sábado junta-se aos trabalhos dos Mambas.

(AIM)

O Pais/JSA