Em Abril próximo, o Movimento Democrático de Moçambique (MDM) vai reunir-se em Conselho Nacional para discutir a realização do congresso extraordinário, no qual será escolhido um novo presidente do partido. A data e o local ainda não foram definidos.

O facto foi anunciado pela Comissão Política do partido, após uma reunião na noite de sábado para traçar o futuro do MDM sem Daviz Simango.

Daviz Simango morreu na madrugada de 22 de Fevereiro, na África do Sul, vítima de doença. Foi o primeiro presidente do partido e durante 11 anos.

De acordo com Luís Boavida, porta-voz da Comissão Política do MDM, há uma orientação para se convocar um Conselho Nacional extraordinário, para a partir do mesmo convocar-se um congresso conforme orientam os estatutos.

“O Conselho Nacional vai reunir-se na primeira quinzena de Abril próximo, em local ainda por anunciar”, explicou Luís Boavida, sem revelar a data exacta do evento.

Enquanto o Conselho Nacional não se reúne e nem se realiza congresso, o secretário-geral do MDM, José Domingos, dirige os destinos do partido, segundo Boavida, que exortou os membros e simpatizantes da formação política a seguir as orientações do partido, para evitar a desinformação.

(AIM)

O Pais/JSA